cultura livros

O que estou lendo: O Menino do Pijama Listrado - John Boyne

14:31Natali Moura


Sinopse


Bruno tem nove anos e não sabe nada sobre o Holocausto e a Solução Final contra os judeus. Também não faz ideia que seu país está em guerra com boa parte da Europa, e muito menos que sua família está envolvida no conflito. Na verdade, Bruno sabe apenas que foi obrigado a abandonar a espaçosa casa em que vivia em Berlim e a mudar-se para uma região desolada, onde ele não tem ninguém para brincar nem nada para fazer. Da janela do quarto, Bruno pode ver uma cerca, e para além dela centenas de pessoas de pijama, que sempre o deixam com frio na barriga. Em uma de suas andanças Bruno conhece Shmuel, um garoto do outro lado da cerca que curiosamente nasceu no mesmo dia que ele. Conforme a amizade dos dois se intensifica, Bruno vai aos poucos tentando elucidar o mistério que ronda as atividades de seu pai. O menino do pijama listrado é uma fábula sobre amizade em tempos de guerra, e sobre o que acontece quando a inocência é colocada diante de um monstro terrível e inimaginável.

RESENHA


Posso contar nos dedos os livros que li e que me sensibilizaram, me arrancaram lágrimas e me levaram à uma reflexão profunda, como este. O Menino do Pijama Listrado não tem como foco o Holocausto em si, mas a amizade e ingenuidade entre dois garotos durante aquele período de guerra e tormento na Alemanha nazista.

Bruno, um garoto de 9 anos, é filho de um militar nazista muito requisitado. Devido à função de seu pai, Bruno se vê obrigado a deixar Berlim e, consequentemente, seus amigos e sua mansão para se mudar para um lugar até então desconhecido para ele. Sem amigos e entediado em seu novo lar, ele decide explorar o território sem o consentimento de seus pais. Até que, numa dessas excursões ele se depara com uma cerca e por não poder ultrapassá-la, ele cria suas próprias conclusões acerca do mundo que há do outro lado. 

Inocentemente, ele imagina que do outro lado há uma fazenda, onde as pessoas vivem bem, e usam sempre os seus pijamas listrados como sendo um tipo de jogo. Bruno conhece Schmuel, um garotinho, que coincidentemente nasceu no mesmo dia que ele e que vive do outro lado da cerca. Esta amizade ia a cada dia se intensificando, e Bruno sempre se encontrava com Schmuel próximo à cerca para conversar. Dois mundos totalmente diferentes, porém tantas semelhanças entre si. A cerca que os separava era apenas física, entre eles não existiam nazistas, judeus, ódio, sofrimento, apenas dois garotos e uma amizade pura e verdadeira em meio a todo aquele caos.


Através desta obra, John Boyne nos leva a refletir acerca da ingenuidade e pureza de uma amizade mesmo em tempos de guerra, e embora seja uma trama fictícia, é impossível ler este livro e não lembrar do sofrimento vivido por aquele povo, o ódio, a intolerância, pensar em quantos inocentes morreram por razões fúteis. Acompanhar esta trama através da visão inocente de Bruno e Schmuel, duas crianças indefesas que estão no meio de uma guerra que não compreendem, faz nossa alma doer mas nos traz lições que devemos recordar por toda a vida. Este é um livro que todo mundo deveria ler e que, sem dúvidas, eu recomendo de olhos fechados!



Minha citação favorita:


O que acharam? Já leram? Gostariam de ler? Quais os pontos fortes do livro, para vocês? Comentem!!! Beijos e até a próxima!

God bless you!
Natali Moura 

You Might Also Like

0 comentários

Seu comentário será lido e depois aprovado.

Popular Posts

Curta a fanpage!

Formulário de contato